1st experience

with 7 comentários

This is my first experience with star trails.

——————————

Estou de férias.

E férias é sinónimo de… fotografias!

Estive a semana passada na Longueira e fiz praia em Almograve.

Uma praia belíssima, que não conhecia e da qual fiquei fã.

Várias fotografias virão daquelas rochas na maré baixa, ou do pôr-do-sol em plena maré alta.

Mas num serão, à 1h da madrugada, deu-me para ir para a praia fotografar… as estrelas!

Em plena praia do Almograve.

Nunca o tinha feito e nem sabia bem como ia correr.

Comecei a montar o tripé e o frio era completamente insuportável!
Se durante o dia o calor me fazia bradar aos céus, à noite o frio quase me levava à loucura.

Como fotografar as estrelas é um processo que demora muito tempo,
vi-me obrigada a arranjar um método que me permitisse estar descansada e sem me preocupar com o frio.
Até porque em pleno Agosto, não é normal uma pessoa andar com casacos grossos ou botas na mala…

Depois de abrir o tripé, aproximei-o do carro.

Abri a porta do carro e entrei lá para dentro.

Depois abri a janela e aproximei o tripé o máximo possível do carro (de modo a ficar estável e não tremer).

E assim fiz: sentada no banco do carro, a máquina bem segura para não cair, controlo remoto na mão e apenas esticava o braço quando precisava de disparar!

Uns 40 minutos depois, estava de volta! Sem frio, e ansiosa por ver o resultado.

Almograve, Portugal

Please follow and like me:
20

7 Responses

  1. 2nd Publication
    | Responder

    […] photography “1st experience” was published in last edition of the magazine zOOm – fotografia […]

  2. targeted email
    | Responder

    Highly descriptive post, I loved that bit. Will there be a
    part 2?

  3. Manu
    | Responder

    Também conheci a praia do Almograve e adorei. Esta foto está fantástica, não sei s alguma vez conseguirei fazer uma do género. Parabéns!

  4. 2ª Publicação
    | Responder

    […] A fotografia intitula-se “À beira-mar”, foi tirada à beira-mar cerca da 1hr da madruga…. O objetivo era fotografar os arrastos das estrelas. Consegui um star trail de 26 minutos, que podem ver neste sítio: […]

  5. Remus
    | Responder

    Nunca fiz este tipo de fotografia, mas adorava fazer.
    Sei que preciso encontrar um lugar onde não possua poluição luminosa e o resto é ter vontade de ficar vários minutos ou até horas à espera. . 🙂
    Mais uma fotografia que ficou muito bem. Está invejável.

  6. Kaipiroska
    | Responder

    Valeu muiiiiiiito a pena Carla. O resultado está magnífico. Muito bom!!! Quem me dera a mim que quando também o experimentar que também saia assim tão perfeito.

  7. Fabrício K. Ramos
    | Responder

    Dizem as más línguas (e as boas também) que a primeira vez nunca esquecemos… E não é para esquecer mesmo, porque o resultado ficou muito bom se tratando de uma primeira experiência.
    Bjos e boas férias

Leave a Reply